Domingo, 8 de Outubro de 2006

Discurso de Cavaco Silva no 5 de Outubro 2006

O grande chefe Cavaco Silva, como bom católico que é, veio confessar no dia 5 de Outubro de 2006, ao Povo, que o aparelho de Estado da Burguesia, está mais podre que a própria podridão.


Então o grande chefe quer que o Povo aprenda a ser e a agir como os burgueses, corruptos e incompetentes.


Então o grande chefe Cavaco não compreende que o Povo odeia os burgueses, corruptos e os incompetentes!  


Então o grande chefe quer que o povo aceite a ideologia e democracia burguesa, imposta pelo Governo Sócrates/e os cúmplices em São Bento.


Então o grande chefe Cavaco não compreende que o Povo odeia a democracia burguesa e muito brevemente lhes imporá a democracia Proletária!


Então o grande chefe vem dizer ao Povo que deve de continuar ser explorado e oprimido.


Então o grande chefe Cavaco não compreende que o Povo odeia os exploradores e opressores!
E já esteve mais longe o dia em que o Povo deixara de ser explorado e oprimido e derrubara do poder pela violência revolucionária a classe dos exploradores!


Então o grande chefe vem dizer ao Povo que deve aceitar a ditadura do capital imposta pelo Governo/Sócrates e seus cúmplices em São Bento.


Então o grande chefe Cavaco não compreende que quando estiverem reunidas determinadas condições Históricas o Povo dirigido pelo Partido Marxista-Leninista da classe Operária vai fazer a revolução, leva-la até ao fim transformar a sociedade, ajustar contas com os exploradores e com ele se ainda for vivo.  

Então o grande chefe quer a que o aparelho da justiça seja diferente encobrindo e protegendo ainda mais os seus amigos e aliados, criminosos e corruptos.


Então o grande chefe Cavaco, não percebe que foi o aparelho de justiça que ajudou a silenciar a candidatura do Dr. Garcia Pereira ás presidenciais 2006.


Então o grande chefe, quer que todos órgãos de informação, não divulguem os casos de incompetência e corrupção dos quais os seus amigos e aliados são os principais intervenientes.

Então o grande chefe Cavaco não percebe que foi com a ajuda de uma parte muito significativa dos órgãos da informação, dos incompetentes e corruptos, que o ajudaram a ser Presidente da República, e a silenciar as listas do PCTP/MRPP a candidatura do Dr. Garcia Pereira ás presidenciais 2006.


E como bom praticante católico que é termina o seu discurso apelando à unidade de todos os Portugueses e à celebração da Republica na santa paz do senhor.


Creio que pelo andar da carruagem o Governo Sócrates /Cavaco bem como os seus cúmplices no Parlamento de São Bento estão muito perto de entregar a alma ao criador.

Publicado Por Silplicio Portugal às 14:22
Link do Post | Adicionar aos Favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


- Mais Sobre Mim

- Pesquisar Neste Blog

 

-Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

- Posts Recentes

- Os dez milhões de euros

- A colocação de radares em...

- Dívida da instituição Spo...

- A Construção de um novo A...

- A ocupação do Rivoli na c...

- Contra qualquer aumento n...

- Discurso de Cavaco Silva ...

- O Encerramento das urgênc...

- A viagem de Cavaco Silva

- O projecto escola “segura...

- Arquivos

- Outubro 2007

- Agosto 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Outubro 2006

- Links

blogs SAPO

-subscrever feeds